top of page
  • Foto do escritorDrº Emanuel Alves da Silva

IMPORTÂNCIA DO USO DE MEIAS DE COMPRESSÃO

O uso de meias de compressão é, por vezes, associado a desconforto, contudo são inúmeros os seus benefícios e indicações.


O uso de meias de compressão é benéfico num conjunto de situações, tanto do ponto de vista preventivo, como parte integrante do tratamento de diversas patologias:


  • Varizes e úlceras venosas

  • Edema dos membros inferiores/linfedema

  • Prevenção da trombose venosa

  • Síndrome pós-trombótico

  • Gravidez

  • Pós-operatório

  • Viagens prolongadas de carro ou avião



Apesar de não eliminarem a doença, o uso de meias de compressão tem um efeito importante no controlo da progressão da doença, alívio de sintomas e na prevenção de complicações.



Como funcionam?

As meias de compressão exercem uma pressão graduada constante, que é maior ao nível do tornozelo e vai diminuindo progressivamente até à coxa, criando um gradiente de pressão que melhora a circulação do sangue contra a gravidade e em direção ao coração. Ao promover o retorno venoso, existe uma melhor oxigenação dos tecidos, diminuindo assim o edema (inchaço).



Existem diferentes comprimentos e graus de compressão, que podem ser usados de acordo com a patologia apresentada e segundo prescrição médica.






Como usar e cuidar das meias de compressão?

É fundamental que as meias sejam vestidas antes do edema se estabelecer, ou seja, logo de manhã após a higiene matinal. As meias, devem ser usadas durante todo o dia e ser apenas retiradas à noite.

A fim de se evitarem rasgões, deve usar sempre as pontas dos dedos no manuseamento das meias e não as unhas.

Para colocar, virar a meia do avesso até ao calcanhar, vestir até essa região e só depois começar a puxar a meia, lentamente e com cuidado, até à sua zona final. Para retirar fazer o inverso. Existem também dispositivos que auxiliam na colocação das meias.

Sempre que possível deve lavar as meias à mão e não secar diretamente ao sol ou junto a fontes de calor.

Geralmente, as meias têm um período de duração de 3-6 meses, sendo para isso fundamental uma correta utilização.



Contra-indicações

Não deve ser utilizada nos casos de doença arterial periférica. Poderá não ser recomendado o seu uso nos casos de insuficiência cardíaca, dermatite e neuropatia periférica.


Algumas considerações...

  • O seu médico irá prescrever umas meias com o grau de compressão adequado às suas necessidades/patologia;

  • Na maioria das situações é suficiente o uso de meias até ao joelho;

  • As meias devem ter um tamanho ajustado à sua perna, sendo por vezes necessário realizar algumas medições. Recomenda-se que esta medição seja feita de manhã, período em que as pernas ainda não estão edemaciadas. Pode solicitar ajuda ao seu farmacêutico neste processo;

  • Deve usar as meias durante todo o dia, retirando-as à noite - se o seu uso for desconfortável durante todo o dia, pode usar por algumas horas, aumentando progressivamente o número de horas de uso;

  • Evite pregas nas meias;

  • Se tiver dificuldade em colocar as meias, pode usar umas luvas de borracha (permitem uma melhor aderência) ou algum dispositivo auxiliar (dispositivo metálico que mantém a meia aberta enquanto calça);

  • Lavar e secar as meias de acordo com as recomendações do fabricante, permitem uma maior duração e eficácia das mesmas.

Auxiliar para colocação de meias de compressão
Auxiliar para colocação de meias de compressão


O uso de terapia compressiva não tem que ser, necessariamente, um drama. Existem inúmeras opções no mercado que lhe permitem escolher a que lhe for mais cómoda e confortável. Além disso, já lá vai o tempo em que o uso de meias/collants de compressão era sinónimo de estar fora de moda. Tem ao seu dispor uma série de materiais, cores, padrões e modelos que prometem ser um sucesso, à medida que cuida de si.





Comments


bottom of page